Consiste Consultoria e Sistemas Ltda

Fale Conosco | Busca   

Uma vivência da alteridade

Por: Ângela Elisabeth Weber

Na África do Sul, durante a Conferência Mundial de Meio Ambiente, em 2002, houve uma reunião dos Ministros de Saúde de países africanos para discutir o avanço da AIDS no continente.

A discussão estava acalorada, e de repente uma jovem tomou o microfone e falou:- Tenho 24 anos, sou portadora do HIV e mãe de um menino de quatro anos. Aos 11 anos, fui estuprada por uma gangue, como ocorre com a maior parte das mulheres negras na África. Aos 16 anos casei, e meu marido apresentou os sintomas da AIDS. Minha mãe nos expulsou de casa. Ele morreu e eu fiquei só, grávida, vivendo nas ruas da Cidade do Cabo, aquecida pela chama dos tonéis de lixo queimando, comendo lixo ou doações. Até que um dia pensei: vivemos pior que animais e alguém deve se importar com isso. Reuni o grupo de minha rua, e fizemos uma manifestação em frente à Prefeitura, foi aí que nos deram moradia.

Agora chego aqui e encontro esta discussão, então vou lhes dizer o que prefiro. Comida, não AZT. Quando tomo AZT sem alimentação adequada, passo mal e não consigo cuidar de meu filho. Então, quero uma boa alimentação, que me permita viver com um pouco de dignidade, e quero ter a certeza que quando eu morrer, meu filho vai ser cuidado, e não abandonado como eu fui.

Quando ela terminou, fez-se silêncio total. Muitas começaram a chorar e de repente, lá de traz, um grupo começou a cantar canções em coro africanas. As mulheres começaram a se abraçar e houve uma grande confraternização. Entendemos que a dignidade da pessoa humana é o primeiro passo que devemos dar se queremos servir, sem julgamentos, sem preconceitos. Esta história me dá força e capacidade para continuar a lutar pelos princípios que acredito fundamentais para uma vida.

Voltar


...a dignidade da pessoa humana é o primeiro passo que devemos dar se queremos servir...

Ângela Elisabeth Weber

Graduada em Ciências Sociais e pós-graduada em Gestão e Responsabilidade Social pela UFBA, Mestranda em Antropologia do Desenvolvimento pela UFBA. Foi funcionária do BANCO DO BRASIL exercendo gerência de captação. Empresária no setor alimentos e eventos com as empresas BUFFET GARNI E BICHO GRILO ALIMENTOS.

Compartilhe essa página

CONSISTE Social - Siga-nos!  

A CONSISTE

Av Vasco da Gama, 2931 - 2º andar
Brotas - Salvador/BA - Brasil
Fone: (71) 2102-6969
Fax: 2102-6999

E-mail: contato@consiste.com.br

Todos os Direitos Reservados

Copyright 2011 CONSISTE Consultoria e Sistemas Ltda - Proibida a reprodução, parcial ou total, de qualquer conteúdo deste site, sem autorização prévia.